Mulher constrói casa na árvore com apenas 1.500 dólares

Mulher constrói casa na árvore com apenas 1.500 dólares

ModFrugal é, o que pode ser dizer, uma mulher que bota a mão na massa e não foge do trabalho duro. Mesmo com todo o trabalho dentro de casa, a mãe de dois filhos decidiu realizar um sonho e fazer por contra própria uma casa na árvore cheia de estilo sem gastar muito, mais precisamente, gastando 1.500 dólares, cerca de 3.300 reais.

Apoiada em troncos de árvores, a casa localizada em Tennessee nos Estados Unidos foi construída basicamente com madeira em uma plataforma de cerca de 2,5m x 3,6m. Com uma área de aproximadamente 6 metros quadrados, a pequena casa tem um estilo simples sem deixar de ser bonita.

No interior, a casa possui um sofá cama, uma rede, quadro negro e prateleiras, e seu acesso é feito por uma porta de correr que liga o ambiente interno a varanda com duas cadeiras para aproveitar o belo visual do bosque. Já o exterior recebeu uma pintura com uma cor escura a fim de integrar a casa ao entorno natural e camuflar a edificação em meio a vegetação. Além disso as paredes e a cobertura contam com pequenas aberturas para iluminar o ambiente de forma natural.

Segundo a construtora, para realizar um projeto desse tipo basta não ter medo de sujar as mãos. “Não sou uma escritora, fotógrafa ou designer, apenas uma garota com uma certa visão e que não tem medo de sujar as mãos.”, diz ModFruGal que também contou com a ajuda de seu marido na construção do pequeno abrigo na floresta.

Veja o resultado abaixo:

Compartilhar Tags

Comentários (3)

  1. shanmara

    sensacional…guardei anotado no caderninho do que fazer antes da mortechegar, pra fazer algo parecido no meu quintal…amei.

  2. carine

    Nossa, nada a ver o comeco da materia. “Mae que bora a mao na massa e nao tem medo do trabalho duro, diferente do convencional”? Que eu saiba o convencional e mae que rala, que batalha. As madames sao mimoria, entao revejam isso ai, pra focar justo. Valeu

    1. Arquitetura Sustentável

      Você tem razão, Carine. Obrigado pelo seu feedback. Nossa intenção não foi machista mas sim, de valorizar o trabalho de ModFrugal. Mesmo assim, revisamos o texto e modificamos.:)

Deixe sua opinião